Terroir que amamos!

Na série especial de terrois chilenos, falaremos hoje sobre aquele que sofre influência direta do Oceano Pacífico, o Vale de Leyda. Localizado na cordilheira da costa e próximo da cidade de San Antonio, está em uma região com colinas suaves com variações de 200 a 400 metros acima do mar.

Nas suas regiões mais altas, possui solos rasos graníticos e vulcânicos, diferente das regiões médias, mais planas, onde encontramos solos com areia, argila e rochas mais arredondadas e também solos calcários com texturas fósseis e de giz. Ambos formados a partir do fundo marinho, que um dia cobriu toda aquela região há 10 milhões de anos atrás.

Conhecida por ser uma região marcada pela influência do Oceano Pacífico, inclusiva com a influencia fria nos sabores e acidez, os vinhos desta região são mais vivos e com maior frescor, tendo como grande exemplo os Sauvignon Blanc de Leyda representando alguns dos melhores de todo o Chile. Uma região promissora onde outras uvas tem se destacado com avanços no seu desenvolvimento, como a Pinot Noir.

Ao conhecermos um pouco mais de cada região, acabamos entendendo um pouco mais dos seus sabores, aromas, cores, acidez e todas as características que tanto nos encantam. A nossa indicação para que possam imergir nas refrescantes características deste terroir é o vinho Marea Sauvignon Blanc, do Vale de Leyda, produzido pela vinícola Luiz Felipe Edwards.

Quando provarem, nos contem o que acharam!

Postagens Recomendadas